Avaliação da Lei 11/2021, de 9 de julho, sobre medidas de prevenção e combate à fraude fiscal

"Apresentamos as conclusões do Grupo de Trabalho: Avaliação da Lei 11/2021, de 9 de julho, sobre medidas de prevenção e combate à fraude fiscal"

Apresentamos as conclusões do Grupo de Trabalho: Avaliação da Lei 11/2021, de 9 de julho, sobre medidas de prevenção e combate à fraude fiscal, que foram apresentados ao Ministério das Finanças e Função Pública em outubro de 2022, e tem contribuído para o «Relatório intermediário de avaliação dos efeitos da Lei de Fraude Fiscal» Dezembro de 2022.

Durante as sessões do Grupo foram abordados os seguintes temas:

  • Avaliação das alterações introduzidas na LPF para “facilitar as ações de prevenção e combate à fraude por meio do reforço do controle tributário”.
  • Analisar quais mudanças devem ser introduzidas no sistema jurídico-tributário, além das já produzidas, para melhorar o compliance tributário.

Assuntos tratados pelo grupo de trabalho:

  1. Medidas relacionadas com o regime geral de impostos
    • Obrigações de informação sobre moedas virtuais
    • Sobretaxas por declaração extemporânea e reduções de sanções
    • Proibição e penalidades para software de uso duplo. Obrigação de utilização de software de faturação normalizado
    • Medidas cautelares em processos de suspensão.
    • Modificações na lista de inadimplentes.
    • Regulação das entradas domiciliares.
    • Alterações no procedimento de cobrança: responsabilidade solidária
    • Possibilidade de inadmissão de pedidos de suspensão pelas vias econômico-administrativas
    • Limitações de pagamentos em dinheiro
  2. Medidas relativas a impostos, em particular
    • Taxa de partida
    • O novo regulamento da SICAV
    • A nova regulamentação dos paraísos fiscais.
    • A regulamentação dos contratos sucessórios no Imposto de Renda da Pessoa Física
    • O valor de referência no IPTU
  3. Novas propostas destinadas a melhorar a conformidade fiscal

Participaram deste grupo de trabalho: 

  1. Paula Caro, Sócio do Departamento Fiscal da Andersen
  2. Carlos Dieguez Nieto, Sócio Gerente Área Fiscal, Broseta Abogados.
  3. Antonio Duran Sincreu, Sócio Diretor da Durán-Sindreu, Assessores Jurídicos e Tributários
  4. Xavier Estela, Sócio-Diretor, Avantia Asesor. Fiscal e Jurídico.
  5. Cristina Garcia-Herrera, Diretor de Estudos do IEF.
  6. César Garcia Novoa, Professor de Direito Financeiro e Fiscal da Universidade de Santiago
  7. Eduardo Graça , Parceiro, Ashurst
  8. Clara Jiménez, Sócio, Pérez-Llorca
  9. Luis Lopez-Tello, Diretor Corporativo, Econômico e Fiscal da Repsol, Repsol
  10. Maximino Linares, Sócio, EY Advogados
  11. Gloria Marin Benítez, Sócio, Uría
  12. Caridade Mourelo, Líder de Equipe na Delegacia Central de Grandes Contribuintes, Agência Estadual de Administração Tributária (AEAT)
  13. Miguel Muñoz, Sócio responsável pelos procedimentos fiscais, PwC Espanha
  14. Antonio Montero, Inspetor da Fazenda Estadual. Agência Estadual de Administração Tributária.
  15. Anthony Bridges, Sócio do departamento contencioso tributário da BDO Espanha
  16. Jesus Rodrigues Márquez, Sócio Diretor da Prática Fiscal, ideo Legal
  17. Salvador Ruiz Gallud, Sócio, Equipe Econômica
  18. José Inácio Ruiz Toledano, Presidente do Tribunal Regional Econômico-Administrativo de Madri.

 

Estas propostas do Grupo de Trabalho sobre FIDE, foram elaborados a partir das contribuições e intervenções de todos os participantes do referido grupo. Embora logicamente não representem a opinião unânime de todos, refletem as questões sobre as quais o debate se concentrou.

 

Todas as pessoas que participaram deste grupo de trabalho de Fide, o fizeram a título pessoal e não por conta das entidades, escritórios, Universidades ou empresas, onde exercem a sua actividade profissional, pelo que estas conclusões não refletem e não incluem posições institucionais mas sim particulares de cada um dos os membros do grupo.

Se o artigo foi interessante para você,

Convidamos você a compartilhar nas Redes Sociais

Twitter
LinkedIn
Facebook
E-mail
WhatsApp

Deixe um comentário

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.

Contato

Preencha o formulário e alguém de nossa equipe entrará em contato com você em breve.