es Español

Grupo de trabalho

Boas práticas em escritórios profissionais em questões de deficiência

Por quê?

Este grupo de trabalho é composto por uma série de profissionais que concordaram com a necessidade de desenvolver linhas de ação adequadas para a incorporação, integração e desenvolvimento de pessoas com deficiência em escritórios de advocacia.

Após a publicação do Guia de Boas Práticas para a Incorporação e Desenvolvimento Profissional de Pessoas com Deficiência em Escritórios de Advocacia último Junho, nós retomamos as sessões de trabalho na FIDE, com os escritórios que compunham o Guia junto com as novas empresas que o assinaram:

 

Atividades recentes

Sessão de mentoria

20 de maio - 12h-13h

Queremos trabalhar para aumentar as chances dessas pessoas de enfrentarem com sucesso um processo seletivo no setor jurídico, melhorando seu desenvolvimento e soft skills, melhorando suas habilidades e melhorando sua autoestima.

Se você estiver interessado em receber este treinamento (é completamente grátis), convidamos você para uma sessão online que acontecerá na quinta-feira, 20 de maio das 12.00h13.00 às XNUMXhXNUMX, na qual você terá a oportunidade de fazer todas as perguntas que sempre quis aos profissionais das melhores empresas e departamentos jurídicos de empresas

Curso de Extensão Universitária de Assistente Jurídico para pessoas com deficiência intelectual

Iniciativa de arrecadação de fundos solidária

Meta de coleta = € 12.750

Um projeto que tem como objetivo oferecer formação de qualidade para pessoas com deficiência intelectual interessadas em estudos relacionados ao mundo jurídico.

publicações

Guia de Boas Práticas para a Incorporação e Desenvolvimento Profissional de Pessoas com Deficiência em Escritórios de Advocacia

conteúdo

  • Colaboração com entidades
  • Gestão da comunicação e plano de ação
  • Conscientização, consciência e informação
  • Processo de seleção e contratação
  • Integração e incorporação aos escritórios
  • Desenvolvimento profissional
  • Seguir

Este Guia parte da premissa de que as pessoas com deficiência não são um grupo homogêneo e nem as organizações profissionais às quais se dirige. Por isso, o Guia fornece diretrizes para a incorporação e desenvolvimento profissional das pessoas com deficiência, que devem ser adaptadas às circunstâncias pessoais de cada caso e às condições de cada trabalho e de cada organização profissional.

As medidas propostas neste Guia incluem: fortalecer o relacionamento e a colaboração com as diferentes organizações e associações que atuam em torno da deficiência pelos escritórios de advocacia e promover canais de colaboração com as referidas entidades, bem como adotar um estratégia nesta área adaptada às circunstâncias específicas de cada organização.

Por outro lado, o Guia estabelece processos internos dentro da empresa para sensibilizar, aumentar a conscientização e informar seus membros sobre questões de deficiência, incentivando a reflexão e, quando apropriado, a revisão de comportamentos.
Finalmente, um acompanhamento contínuo da adaptação das pessoas com deficiência ao trabalho e análise da experiência adquirida pela organização à medida que a carreira profissional dos trabalhadores com deficiência se desenvolve, permitindo a adoção de melhorias.

  • Óscar Aldeanueva, KPMG. 
  • Fernando Bazán, Deloitte Legal
  • Íñigo Berrícano, Linklaters.
  • Miguel Cruz Amorós, PWC; JAJ & Asociados.
  • Alonso Cienfuegos Heredia, Allen & Overy.
  • Margarita Fernández, sócia, Baker McKenzie.
  • Carolina García de la Rasilla, Elzaburu.
  • Ana Higuera Garrido, Pro Bono, Fundação Fernando Pombo.
  • Pablo Gutiérrez-Jodra, Ontier.
  • Cristina Jiménez Savurido, Fundação FIDE.
  • Pedro León e França, KPMG
  • Borja Montesino-Espartero, PwC Espanha.
  • Óscar Parreño Orea, Uría Menéndez Abogados.
  • Mariana Samaniego, Garrigues.
  • Remei Sánchez, DLA Piper.
  • Ana Suárez Capel, Uría Menéndez Abogados.

Reconhecimento especial
Manuel Atienza, Atienza Asesores e Álvaro Lavandeira, Instituto de Pesquisa e Capacitação em Saúde, pelo acompanhamento e participação nas reuniões realizadas.

Conclusões do Grupo de Trabalho Fide sobre Boas Práticas em Escritórios de Advocacia Profissionais em matéria de deficiência.

Após a publicação do Guia de Boas Práticas para a Incorporação e Desenvolvimento Profissional de Pessoas com Deficiência em Escritórios de Advocacia Em junho de 2019, retomamos a segunda fase do Grupo.

Desde setembro de 2019, o Grupo encontra-se na FIDE em sessões de trabalho, contando quer com os gabinetes que inicialmente elaboraram o Guia, quer com os novos gabinetes que o assinaram e que se juntaram aos trabalhos nesta nova fase, perfazendo um total de vinte e dois escritórios de advogados .

Os profissionais que o compõem pactuaram na sua época a necessidade de desenvolver linhas de ação adequadas para a incorporação, integração e desenvolvimento de pessoas com deficiência em escritórios de advocacia. Com este objetivo, o Grupo deu continuidade aos trabalhos nesta segunda etapa para avançar na implementação das medidas propostas no Guia.

Participaram deste grupo de trabalho: 

  • Manuel Atienza, Diretor da Atienza Asesores
  • Iñigo Berrícano, Sócio-gerente, Linklaters
  • Fernando Bazan, Sócia da Área Trabalhista, Deloitte Legal
  • Amparo Boria, Diretor de RH da Linklaters
  • Olalla Casielles, Departamento de Recursos Humanos, Cuatrecasas
  • Alonso Cienfuegos Heredia, Diretor de Recursos Humanos, Allen & Overy
  • Laura de la Rosa, Chefe de Recursos Humanos, Serviços Centrais, Auren
  • Eva Delgado, Chefe de RH, Pérez-Llorca
  • Margarita Fernandez, Advogada-Sócio, especialista em Direito do Trabalho, Baker Mckenzie
  • Josefina García, Advogado para a prática de regulamentação financeira no departamento de direito bancário e financeiro da Ashurst Espanha
  • Carlos Gil, Sócio do Departamento de Direito do Trabalho, escritório King & Wood Mallesons SAP Madrid
  • Pablo Gutiérrez-Jodrá, Diretor de Recursos Humanos, Ontier
  • Carmen Herranz, Chefe da Área de Diversidade e Inclusão, KPMG
  • Ana higuera, Diretor do Pro Bono da Fundação Fernando Pombo
  • Santiago Iguaz, Consultor de RH, Pinsent Masons
  • Cristina Jimenez, Presidente da Fide
  • Michele Menghini, Gerente de área de CSR, PwC
  • Cristina Minguez, Diretor de Recursos Humanos da Elzaburu, SLP
  • Borja Montesino- Espartero, Sócio responsável por Pessoas e Organização, PwC Espanha
  • Lidia Nuñez, Membro do Comitê de CSR, Clifford Chance LLP
  • Blanca Olleros, Chefe do departamento de Pessoas e Talentos, Andersen Tax & Legal
  • Oscar Parreño, Técnico Superior de Administração de Pessoal do Departamento de Recursos Humanos, Uría Menéndez Abogados
  • Sonsoles Rueda, Gerente Sênior de RH, Ashurst
  • Mariana samaniego, Associado Sénior do Departamento de Direito Administrativo e especialista em Direito da Deficiência, Garrigues
  • Catalina Sanchez, Sócio, Diretor de Recursos Humanos e Chefe da Área de Gestão de Pessoas, Ejaso Advocacia
  • Remei Sánchez, Diretor Jurídico do Departamento Comercial, DLA Piper
  • Cristina Santos, Gerente de RH na Allen & Overy
  • Jose Manuel Sipos, Concurso da área de advogado parceiro, Broseta
  • Jaime Tato Ballesteros, Diretor Financeiro (CFO), Andersen Tax & Legal
  • Constance Vergara, Sócio e Diretor Corporativo, Pérez Llorca

Diretor de Grupo

Cristina Jiménez Savurido

Presidente da Fide.

No DI CAPACIDAD (grupo de trabalho sobre boas práticas em questões de deficiência em empresas profissionais), continuamos a buscar alianças estratégicas com Universidades. Nosso objetivo é encontrar os melhores talentos diversos ou com diferentes habilidades para favorecer sua inserção profissional no setor jurídico.

Se você trabalha em serviços de atendimento ou orientação estudantil, seja qual for a Universidade, e está interessado neste projeto, queremos conhecê-lo. Fale com a coordenadora do grupo, Silvia Organista.

Coordenação Acadêmica: Silvia Organista

Contato

Preencha o formulário e alguém de nossa equipe entrará em contato com você em breve.