es Español

Grupo de trabalho

Gestação substituta

Asset 2logo garrigues fide alvo

Por quê?

Fide e a Fundação Garrigues, convocaram para este Grupo de Trabalho profissionais de diversas formações, juristas, médicos, académicos, com o objectivo de elaborar uma proposta informada e consensual de regulamentação a desenvolver no nosso país sobre esta matéria.

Publicações

Proposta de reforma da regulamentação espanhola sobre o registro de relações de filiação estabelecidas no exterior por meio de barriga de aluguel

O Grupo de Trabalho constituído pela Fundação Fide e a Fundação Garrigues, reuniram-se de abril de 2017 a fevereiro de 2018, em quatro sessões de trabalho, nas quais analisaram, entre outras, questões relacionadas com o registo das relações de filiação estabelecidas no estrangeiro por barriga de aluguer.

O objetivo primordial com o qual este Grupo de Trabalho foi convocado, da sociedade civil, é dar uma solução às situações específicas criadas. Ter alcançado consenso suficiente para propor esta reforma nos ajuda a propor um debate aberto no futuro em uma situação internacional em profunda transformação. Refira-se que o respeito do interesse superior do menor, tal como definido nos instrumentos europeus e convencionais em vigor em Espanha, é o eixo em que se estrutura esta proposta de reforma.

1.- Limitação da reforma ao registo das relações de filiação constituídas
no estrangeiro.
2.- A regulamentação em vigor na Espanha.
3.- A posição das autoridades espanholas até à data: a visão oposta do Supremo Tribunal e do
DGRN no jogo da cláusula de ordem pública.
4.- A posição da CEDH.

4.1.- Os julgamentos Mennesson e Labassee.
4.2.- Os acórdãos Foulon e Bouvet e Laborie.
4.3.- Referência à Sentença Paradiso.

5.- A incidência da jurisprudência da CEDH no ordenamento jurídico espanhol.

5.1.- Qualquer restrição ao registro das relações de filiação estabelecidas no
estrangeiro por barriga de aluguel deve ser “previsto na lei”.
5.2.- As diretrizes dentro das quais a reforma deve ser realizada.

6. O conteúdo específico da reforma: o novo artigo 101 da LRC.

Participaram deste grupo de trabalho: 

  • José Manuel Caamaño López, Diretor da Cátedra Francisco José Ayala de Ciência, Tecnologia e Religião, Universidade Pontifícia Comillas
  • Asier Crespo, Diretor Jurídico da Microsoft Ibérica
  • Jesús de la Morena Olías, Diretor da Fundação Garrigues
  • Pablo de Lora Deltoro, Professor de Filosofia do Direito, Universidade Autônoma de Madrid
  • Federico de Montalvo Jääskeläinen, Professor Associado de Direito Constitucional, Universidade Pontifícia Comillas (ICADE).
  • Ibán Díez López, sócio da Menta Abogados
  • Carlos Espósito, Professor de Direito Internacional Público, Universidade Autônoma de Madrid
  • María Teresa Fernández de La Vega, Presidente do Conselho de Estado
  • Ana Fernández-Tresguerres García, Tabeliã Pública de Madrid, Advogada Associada à DGRN. Registro excedente
  • Antonio García Paredes, Magistrado do Tribunal Provincial de Madrid
  • Cristina González Beilfuss, Professora de Direito Internacional Privado, Universidade de Barcelona
  • Iván Heredia Cervantes, Professor de Direito Internacional Privado na Universidade Autônoma de Madrid
  • Eduardo López-Collazo, Diretor Científico, IdiPAZ
  • Javier Marqueta Sobrino, Representante do grupo de interesse ético da Sociedade Espanhola de Fertilidade. Diretor Médico, Unidade de Medicina Reprodutiva, Clínica IVI em Maiorca
  • Irene Matarranz Pascual, Coordenadora de Reprodução, Hospital Universitário de Guadalajara. Professor da Universidade de Alcalá
  • Ignacio Palomo, Diretor de Harpa Médica e Ginexlab, Presidente da Fundação Doutor Ignacio Palomo Álvarez
  • Alma María Rodríguez Guitián, Professora de Direito Civil, Universidade Autônoma de Madrid
  • Antonio Salas Carceller, Magistrado da Câmara Cível, Supremo Tribunal Federal; Antonio Vila-Coro, Vice-presidente da Associação Son Nuestro Hijos.

 

Todas as pessoas que participaram deste grupo de trabalho de Fide, o fizeram a título pessoal e não por conta das entidades, escritórios, Universidades ou empresas, onde exercem a sua actividade profissional, pelo que estas conclusões não refletem e não incluem posições institucionais mas sim particulares de cada um dos os membros do grupo.

Diretores de Grupo

Antonio Garrigues-Walker

Presidente da Fundação Garrigues.

Cristina Jimenez

Presidente. Fundadora.

Pedro Garcia Barreno

Professor honorário da Universidade Complutense. Doutor em Medicina, especialidade: Cirurgia. Membro das Academias Reais: Espanhol, de Ciências Exatas, Físicas e Naturais, de Doutores da Espanha e da Academia Scientiarum et Artium Europaea. Membro Honorário, Conselho Superior Europeu de Doutores. Co-diretor dos "Diálogos Ciência e Direito" e Membro do Conselho Acadêmico da FIDE.
Coordenação acadêmicaVictoria Dal Lago Demi

Contato

Preencha o formulário e alguém de nossa equipe entrará em contato com você em breve.