es Español

Grupo de Trabalho Internacional

O papel fundamental da Mediação

Por quê?

El grupo de trabalho "O papel fundamental da mediação", formado por profissionais da área de mediação da Espanha e da América Latina, foi configurado para refletir sobre as vantagens da mediação e da gestão dos acordos negociados, explorar a experiência de profissionais de outros países de língua espanhola nesta fórmula, e a necessidade de recorrer a mecanismos alternativos de resolução de conflitos que evitem recorrer aos tribunais, dada a saturação que se vive actualmente.

Após a primeira fase de estudo do GT (2020), concluiu-se que, embora a mediação na América Latina e na Espanha geralmente tenha regulamentação suficiente, seu uso para resolver disputas comerciais permanece bastante limitado. Isso provavelmente se deve a fatores culturais ou à falta de promoção.  

É por isso que a segunda fase (2022) do estudo do GT ficará encarregada de avaliar e determinar quais são os fatores que limitam o uso da mediação por empresas e profissionais. Para o efeito, elaborámos um inquérito dirigido a dirigentes de empresas, bem como a outros profissionais ligados à mediação (advogados de sociedades de advogados, advogados em casa, mediadores, juristas, professores e académicos ligados à mediação). 

Os resultados da pesquisa nos fornecerão mais clareza sobre o contexto de como a mediação está se desenvolvendo; ou seja: (i) o alcance do uso da mediação nos diferentes países (até que ponto está sendo usada); (ii) quais são as razões pelas quais a mediação não é mais utilizada; e (iii) o que falta para as empresas se sentirem seguras para usar a mediação. 

A pandemia global causada pelo coronavírus obrigou os governos a adotar uma série de medidas extraordinárias para administrar a grave crise de saúde que os países enfrentam. Estas medidas têm consistido geralmente no confinamento da população para tentar reduzir o índice de infecções e não colapsar as infra-estruturas sanitárias, bem como restringir drasticamente todas as actividades consideradas não essenciais.

Vivemos uma situação sem precedentes cujas consequências sociais, econômicas e jurídicas nos acompanharão por muito tempo.

A forte contração da demanda imposta pelas circunstâncias está afetando gravemente a capacidade de muitas empresas cumprirem suas obrigações, colocando-as diante da impossibilidade de continuar a respeitar seus contratos ou da necessidade de modificá-los ou suspender temporariamente sua execução, mantendo o excepcional situação que vivemos.

Tanto os órgãos de poder judiciário quanto os escritórios de advocacia se preparam para a avalanche de ações judiciais relacionadas aos contratos afetados pelas medidas adotadas em decorrência da emergência sanitária que se anuncia no horizonte.

Áreas de Análise

Análise comparativa da legislação em alguns países latino-americanos de mecanismos de conciliação e mediação

Canais de comunicação, divulgação e mecanismos mais adequados que permitam às empresas saber como se desenvolverá a mediação na prática.

Representando Clientes na Mediação e o Papel do Advogado

Publicações

Fase 1

Conclusões Grupo de Trabalho Internacional O papel fundamental da mediação

Na 1ª fase, sob a direcção do Carlos Gutierrez, Chief Litigation Officer da Siemens Gamesa Renewable Energy, SA Foi realizada uma análise comparativa da legislação de alguns países da América Latina sobre mecanismos de conciliação e mediação, identificando diferenças e semelhanças que nos permitirão posteriormente apresentar propostas para promover o uso de tais mecanismos. As legislações analisadas são as do Equador, México, Peru, Argentina, Chile, Panamá, Uruguai, Colômbia, Brasil, Paraguai, Espanha e Reino Unido.

Fase 2

ESTUDAR:

A opinião dos usuários sobre o uso da mediação em conflitos civis e comerciais

Na sua 2ª Fase, o GT lançou-se ao desafio de conhecer a opinião dos diferentes utilizadores da mediação, para posteriormente analisá-los e fazer as recomendações que, na opinião do GT, se consideram necessárias para promover o recurso à mediação na resolução de litígios, litígios civis e comerciais nos vários países que foram objecto de estudo.

Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa direcionada aos usuários da mediação; ou seja, os advogados internos de diversas empresas, advogados de escritórios, mediadores, juristas, gerentes de empresas e professores acadêmicos. As questões incidiram sobre o uso da mediação em seus países, as razões pelas quais eles decidem recorrer à mediação ou não em um conflito e nas ações que, em sua opinião, seriam necessárias para promover o uso da mediação como um método eficaz de resolução de conflitos. As respostas obtidas nas pesquisas preenchidas foram avaliadas pelo GT.

Portada COMENTARIOS AL PROYECTO DE LEY DE MEDIDAS DE EFICIENCIA PROCESAL DEL SERVICIO PÚBLICO DE JUSTICIA imagen fide

Comentarios al “Proyecto de Ley de medidas de eficiencia procesal del Servicio Público de justicia”

El Proyecto de Ley de Medidas de Eficiencia Procesal del Servicio Público de Justicia viene a establecer nuevas medidas para facilitar la descongestión de los órganos de justicia, y, así, garantizar el cumplimiento de las obligaciones que le impone el artículo 24 de la Constitución Española, en concreto, la de proporcionar a los ciudadanos la tutela del Estado para el ejercicio de sus derechos e intereses.

Entre otras bondades, buena parte de las medidas propuestas, son, en su mayoría, medidas de carácter estructural y no de solución coyuntural de los problemas que aborda, y que ofrecen soluciones cuyos beneficios podrán ser percibidos en el curto prazo, mediante la implantación de prácticas cuyo éxito ha quedado demostrado en otras democracias de nuestro entorno cultural próximo, prácticas que, adicionalmente, contribuyen, de forma muy importante, a facilitar la integración europea a nivel social y político, dando así impulso y vitalización a los principios sobre los que se basa la Unión Europea, y que se reflejan en el Artículo 2 del Tratado de la Unión.

Diretores de Grupo

Carlos J. Gutierrez

FASE 1
Diretor de Contencioso da Siemens Gamesa Renewable Energy, SA

Briana canorio

FASE 2
Árbitro do Centro de Arbitragem da Câmara de Comércio de Lima
Coordenação acadêmica: Carmen Hermida e Cynthia El Hindi

Contato

Preencha o formulário e alguém de nossa equipe entrará em contato com você em breve.