es Español

Grupo de trabalho

Pensões

Por quê?

O novo Grupo de Previdência FIDE, de plena liberdade intelectual, pretende contribuir com suas propostas de aperfeiçoamento às recentes Recomendações da Comissão do Pacto de Toledo. Para isso, essas propostas serão repassadas à Sociedade Civil para que sejam levadas em consideração nos processos de modificação regulatória correspondentes.

Uma reforma sustentável do sistema de pensões tornou-se um objetivo insubstituível da Sociedade Espanhola dada a proximidade, em 2022, do início da reforma da extensa geração de babyboomers, a par do esperado e contínuo aumento da esperança de vida, e também com as novas formas de trabalhar e produzir que afetarão a todos nós.

Podemos afirmar, sem dúvida, que é o momento seguinte à aprovação parlamentar do relatório da Comissão e, por isso, propomos trabalhar com generosidade e empenho.

Estágio II (2022)

Nesta nova etapa do Grupo Previdenciário de FIDE Daremos ênfase às diferentes perspetivas relacionadas com o domínio das pensões e a sua permanente e necessária adaptação à realidade social do nosso país, procurando centrar-nos nos aspetos mais polémicos, entre outros: a coerência entre a legislação laboral e a da segurança social , a compatibilidade entre suficiência e sustentabilidade na reforma previdenciária, previdência complementar, contribuição dos autônomos, etc...

Discutiremos também o envelhecimento ativo e a importância de caminhar voluntariamente, em uma estrutura flexível, para adaptar a idade normal de aposentadoria à expectativa de vida.

O nosso objetivo é disponibilizar conhecimentos informados, diretos e acessíveis para que sirvam de referência para a tomada de decisões em matéria de pensões.

Publicações

Conclusões Grupo de Trabalho de Pensões

O Grupo de Trabalho de Pensões, liderado por Tomás Arrieta, Professor Honorário da UCM e Presidente da Fundação AGE, tem trabalhado nos últimos meses na análise das recomendações da Comissão do Pacto de Toledo, que foram acordadas e amplamente aprovadas no nosso Parlamento em no final do ano passado.

O grupo de trabalho Fide Fórmula propostas nos seguintes assuntos:

Primeiro: Extensão da vida profissional / compatibilidade de trabalho e pensão

Segunda: Previdência Social Complementar

Terceiro: Reavaliação e sustentabilidade

Trimestre: Separação de fontes e restauração do equilíbrio financeiro

Quinto: Integração e convergência de regime

Sexto: Citação do autônomo

Sétimo: Informação / Transparência / Treinamento

Oitavo: Colaboradores mútuos com a Previdência Social

Nono: Benefícios de viuvez e órfãos

Décimo: Apoio à Comissão do Pacto de Toledo

Participaram deste grupo de trabalho: 

  • Fernando Ariza Rodrigues, Vice-Diretor Geral da Sociedade Mútua de Profissões Jurídicas
  • Tomas Arrieta Carrillo, Presidente da Fundação AGE. Diretor GT
  • Guilhermo Barrios Baudor, Professor de Direito do Trabalho e Previdenciário da Universidade Rey Juan Carlos de Madrid
  • Eva Blazquez Agudo, Professor de Direito do Trabalho e Segurança Social da Universidade Carlos III de Madrid (em serviços especiais) e Vice-Ministro do Trabalho da Comunidade de Madrid
  • Carlos Campuzano, Diretor da Federação Dincat
  • Juan Chozas Pedroro, Do advogado, Auren Abogados
  • Elisa Chulia, Professor da UNED e Pesquisador da FUNCAS
  • Inácio Conde Ruiz, Professor de Fundamentos de Análise Econômica, Universidade Complutense de Madrid. Diretor Adjunto, FEDEA
  • Carlos da Torre, Advogado do Departamento de Trabalho Baker Mckenzie e Inspetor do Trabalho em licença
  • Maria Dolores Estrada Garcia, Patrono da Fundação AGE
  • Célia Ferreira, Vice-presidente executivo da ATA
  • Valeriano Gomez, Curador, Assets of Great Experience Foundation, AGE
  • José Antonio Herce San Miguel, Sócio fundador da LoRIS
  • Pilar Iglesias Valcarce, Presidente AIPREX
  • Jesus Lahera Forteza, Professor de Direito do Trabalho da Universidade Complutense de Madrid e Consultor do Conselho de Abdon Pedrajas
  • Fernando Moreno, Diretor da Arinsa
  • Maria José Ramo Herrando, Sócio da Garrigues, vinculado ao Departamento de Direito do Trabalho
  • João Paulo Risco, Parceiro de Serviços de Consultoria de Pessoas da EY
  • Itziar Varona, Advogada especializada em Relações do Trabalho

 

Todas as pessoas que participaram deste grupo de trabalho de Fide, o fizeram a título pessoal e não por conta das entidades, escritórios, Universidades ou empresas, onde exercem a sua actividade profissional, pelo que estas conclusões não refletem e não incluem posições institucionais mas sim particulares de cada um dos os membros do grupo.

Eco na imprensa:

  • Receber pensão e continuar trabalhando: o novo contrato para salvar o sistema, La Información, 22/06/2021 Ler notícias

  • FIDE apresenta o documento de conclusões do Grupo de Trabalho de Pensões, Lawyerpress, 22/06/2021 Ler notícias

  • Receber pensões enquanto trabalha: a solução para FIDE para melhorar o sistema, a Catalunyapress

  • A cobrança de mentres de pensões é uma tarefa árdua: a solução de FIDE para melhorar o sistema, a Catalunyapress

  • Especialistas pedem novo contrato de trabalho e poderão receber a aposentadoria, El Economista, 22/06/2021 Ler notícias

  • Valerio confia que “o mais breve possível” haverá um acordo sobre as pensões e espera que Escrivá apareça este mês ou no próximo, Diario Siglo XXI, 22/06/2021 Ler notícias

  • Valerio confia que haverá um acordo sobre as pensões "assim que possível" e espera que Escrivá apareça este mês ou no próximo, Servimedia News, 22/06/2021 Ler notícias
  • FIDE apresenta as propostas de seu grupo de trabalho de Pensões, BBVA Mi Jubilación, jubilaciondefuturo.es, 25/06/2021 Ler notícias

  • Dez propostas para melhorar a reforma previdenciária, Finanzas.com, 26/06/2021 Ler notícias

  • FIDE pede que os trabalhadores independentes reformados não contratem um empregado para recolher a pensão e continuar a trabalhar, autonomosyemprendedor.es, 26/06/2021 Ler notícias

  • Sou empresário autônomo, poderei receber 100% da minha pensão com a nova aposentadoria ativa? Ler notícias

Entrevista com Tomás Arrieta, 24h RTVE

Postagens recomendadas:

Descubra todas as publicações, resumos de sessões e outros documentos relacionados à atividade deste fórum:

  • Conde-Ruiz, JI e CI González (2021). “O processo de envelhecimento em Espanha”. Estudos da Economia Espanhola - 2021/07. Fedea. 

https://documentos.fedea.net/pubs/eee/eee2021-07.pdf

  • Conde-Ruiz, JI e CI González (2018). «Modelo europeu de pensões: Bismark ou Beveridge?. Documento de Trabalho - 2018/01. Fedea.

https://documentos.fedea.net/pubs/dt/2018/dt2018-01.pdf

  • Conde-Ruiz, JI, González, CI (2016). De Bismarck a Beveridge: a outra reforma previdenciária na Espanha. SERIES 7, 461-490 (2016)

https://link.springer.com/article/10.1007/s13209-016-0148-3

  • Não à obsolescência planejada

TOMÁS ARRIETA (12 DE AGOSTO DE 2012 - 00:00 CEST)

https://elpais.com/economia/2012/08/10/actualidad/1344613180_247307.html

  • A nova artimética vital do emprego

TOMÁS ARRIETA, IÑAKI ORTEGA CACHÓN (25 FEV 2021 - 07:09 CET)

https://cincodias.elpais.com/cincodias/2021/02/24/opinion/1614171514_842828.html

  • Quando o DNI se encontra

TOMÁS ARRIETA, EVA MARÍA BLÁZQUEZ, JOSÉ A. HERCE (12 DE MAIO DE 2021 - 07:18 CEST)

https://cincodias.elpais.com/cincodias/2021/05/11/opinion/1620745372_406934.html

Diretor de Grupo

Tomas Arrieta Carrillo

Professor Honorário da UCM e Presidente da Fundação AGE. Membro do Conselho Académico de Fide.
Coordenação acadêmica: White Bethlehem e Victoria Dal Lago

Contacto

Preencha o formulário e alguém de nossa equipe entrará em contato com você em breve.